Pesquisa, Educação e Negócios Sustentáveis para a conservação da biodiversidade brasileira.

Começar

Conservação da
biodiversidade

Conservação da biodiversidade

Pesquisa científica e inovação socioambiental. Ações de impacto com participação comunitária e educação na Mata Atlântica, Amazônia, Pantanal e Cerrado.

NOSSOS PROJETOS
Conhecimento
transformador

Conhecimento transformador

Na ESCAS – Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade, compartilhamos conhecimento e formamos líderes para a conservação e desenvolvimento sustentável.

VER CURSOS
Doe agora

Doe agora

Você faz toda a diferença para a proteção da biodiversidade brasileira. Seja um doador do IPÊ e faça parte da transformação da realidade socioambiental.

DOE AGORA

Notícias

No Peru, IPÊ apresenta projeto que apoia gestão de Unidades de Conservação brasileiras

Ciência, gestão e comunidade a serviço do maior parque nacional do Brasil

IPÊ renova parceria com ICMBio no projeto Motivação e Sucesso na Gestão de Unidades de Conservação (UCs)

A parceria entre IPÊ - Instituto de Pesquisas Ecológicas e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para o projeto Motivação e Sucesso na Gestão de Unidades de Conservação...

 

IPÊ annual report 2017. Bilingual edition (Portuguese / English), with projects, testimonials of beneficiaries and partners and what we have developed in favor of Brazilian biodiversity together with supporters, communities, donors, students and teachers from ESCAS, researchers and all those who help transform the socio-environmental reality in Brazil.

Click here.

 

*From World Economic Forum on Latin America website

Suzana Padua
Claudio Valladares Padua

One of the greatest riches of Latin American countries is their biodiversity. Nevertheless, it rarely contributes to the economic development of the nations that make up the region. 

In Brazil, according to official statistics, not one of the 10 main exports in 2016 had its origin in the country’s biodiversity. Instead, the emphasis has been on products that require transformation or even, and this is the worst scenario, the destruction of biodiversity itself. The result is of low cost products with little added value, such as monocultures, extensive cattle raising, and mining.

While we insist on this economic formula, the world marches on towards the Fourth Industrial Revolution, with its incredible developments in genetics and biology. Despite holding outstanding genetic materials, our countries are losing momentum and failing to capitalise on our natural riches. This is down to a lack of understanding that there is a need beyond saving those materials, which is not even being done effectively. We must use our biodiversity innovatively and sustainably. What is even better, we can do so by conserving our biodiversity and maintaining our ecosystems.

MORE

 

Página 1 de 2