Começar

Conservação da
biodiversidade

Conservação da biodiversidade

Pesquisa científica e inovação socioambiental. Ações de impacto com participação comunitária e educação na Mata Atlântica, Amazônia, Pantanal e Cerrado.

NOSSOS PROJETOS
Conhecimento
transformador

Conhecimento transformador

Na ESCAS – Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade, compartilhamos conhecimento e formamos líderes para a conservação e desenvolvimento sustentável.

VER CURSOS
Doe agora

Doe agora

Você faz toda a diferença para a proteção da biodiversidade brasileira. Seja um doador do IPÊ e faça parte da transformação da realidade socioambiental.

DOE AGORA

Notícias

ESCAS/IPÊ realiza workshop gratuito sobre Software R para Biologia da Conservação

  A ESCAS - Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade do IPÊ, realiza um workshop gratuito sobre o Software R para Biologia da Conservação. No curso, o professor Marcos Vital indica os...

Inscrições abertas para o III Seminário de Boas Práticas na Gestão de Unidades de Conservação

Sistemas Agroflorestais implementados pelo IPÊ fazem parte de novo livro

Curso sobre manejo ecológico de pastagem marca início do projeto "Semeando Água"

curso3Nos dias 02 e 03 de outubro o IPÊ realizou no município de Joanópolis (SP) o Curso de Manejo Ecológico de Pastagem, com o objetivo de capacitar produtores rurais, representantes de Casas de Agricultura (CATI) e técnicos de prefeituras a converterem a pastagem convencional para o pastoreio rotacional.

O curso foi ministrado pelo Eng. Agrônomo Jurandir Melado, que apresentou as principais vantagens e resultados de pastoreio rotacional. “Antes de se tornar um bom produtor de carne ou leite o pecuarista precisa se tornar um excelente produtor de capim”, segundo o professor Jurandir, o boi é um aliado importante na recuperação do solo, desde que este seja bem manejado.

A capacitação contou também com a parte prática, por meio da implantação do sistema rotacional na propriedade do senhor José Bragion. “Estou animado para ver os resultados. Minha maior preocupação é a proteção das encostas, já que minha propriedade fica localizada em um vale e sofro constantes enxurradas. Isso, além de me gerar gastos, compromete as nascentes que tenho aqui.”

A capacitação marcou o início do projeto “Semeando Água”, patrocinado pela Petrobras Ambiental, que prevê a recuperação de corpos hídricos em municípios que abrangem o Sistema Cantareira de abastecimento de água, por meio de extensão rural, capacitação e educação ambiental.

A proposta do “Semeando Água” é atuar junto a proprietários rurais dos municípios de Mairiporã, Nazaré Paulista, Joanopólis, Piracaia, Vargem, Itapeva, Extrema e Camanducaia. Nestas cidades, as propriedades parceiras têm sido selecionadas de forma estratégica, a fim de conservar os corpos d´água e a biodiversidade ali existentes, já que, além de concentrarem nascentes, possuem resquícios florestais que abrigam espécies ameaçadas de extinção e ainda formam um corredor florestal entre as Serras da Cantareira e Mantiqueira.