IPÊ LANÇA MOVIMENTO “DE OLHO NO CANTAREIRA”

Com hashtag #OLHONOCANTAREIRA, Instituto chama cidadãos a participarem de monitoramento das represas e rios que abastecem o Sistema Cantareira, em crise


DSCN1505O Sistema Cantareira, um dos maiores sistemas de abastecimento de água do mundo, vive sua pior crise, com seus reservatórios praticamente vazios, impactando a vida de milhares de pessoas, bem como a qualidade da água e conservação da biodiversidade das áreas no entorno onde estão localizados os reservatórios, rios e córregos que o abastecem.

A fim de chamar a atenção para as condições atuais dos recursos hídricos do Sistema Cantareira, o IPÊ lança hoje o movimento De Olho no Cantareira. A campanha convida os cidadãos a postarem fotos e vídeos com a hashtag #OLHONOCANTAREIRA nas suas redes sociais, mostrando a situação da falta de água das cinco represas (Paiva Castro, Atibainha, Cachoeira, Jacareí e Jaguari), e dos rios e córregos que as formam.

A ideia é divulgar cada vez mais a situação em que se encontram nossas represas e também tornar pública a preocupação das pessoas com relação não só ao abastecimento, mas também à conservação das áreas ao redor delas. O objetivo é que isso sirva como um alerta para a necessidade da conservação dos recursos hídricos, incentivando a redução do consumo pelos cidadãos, bem como a tomada de decisões urgentes para o combate ao desperdício e para investimentos em melhorias da gestão hídrica pelo poder público.

Como participar do movimento De Olho no Cantareira

Quem quiser participar, basta postar fotos ou vídeos do estado das represas e rios que sofrem com a seca inserindo a hashtag #olhonocantareira. O IPÊ irá monitorar esses materiais e compartilhará em suas redes sociais – Facebook, Twiter e Instagram. Além desses canais, os registros serão divulgados na página do IPÊ e no hotsite do projeto “Semeando Água” (www.ipe.org.br/semeandoagua).
Confira os projetos “Semeando Água” e “Nascentes Verdes, Rios Vivos”, com o objetivo de conservar os recursos hídricos do Sistema Cantareira.

E se você está perto da represa do Atibainha, participe da comunidade Represa Atibainha, postando as fotos de várias partes que abrangem tanto o rio quanto a represa. O grupo é uma iniciativa da própria comunidade.

#OLHONOCANTAREIRA